"Vi o cérebro", festeja jovem que matou mãe em crise de ciúmes

"Vi o cérebro", festeja jovem que matou mãe em crise de ciúmes

Ele ainda teria dito: "Espero que ela esteja morta".

Um menino de 15 anos de idade assassinou sua mãe com um taco de beisebol, logo depois do crime o jovem caminhou livremente pelas ruas de seu bairro no Reino Unido. James Gethen disse que podia "ver o seu cérebro", após ter realizado o ataque.

Ele atacou Gethen Ann, 39, em um acesso de raiva horas depois que ela anunciou seu noivado no Facebook. O estudante tinha sido traumatizada pela morte de seu pai oito meses antes e ainda tentou saltar em seu túmulo.

Ele tinha um histórico de violência e matou sua mãe em um brutal ataque no fim de noite na casa da família. Sua irmã Paula, 16, foi acordado por gritos da sala e quando ela viu o que tinha acontecido o assassino disse a ela: "Eu não estou incomodado. Espero que ela esteja morta".

O juiz chamou o jovem de "extremamente perigoso" e ele será apreendido.



Fonte: Daily Mail