Vice-ministro da França é investigado por assédio sexual

Duas ex-funcionárias apresentaram queixa contra Georges Tron

A justiça francesa investigará uma acusação de "assédio sexual" contra o vice-ministro da Função Pública Georges Tron, afirmou nesta quarta-feira (25) a promotoria.

"Se os fatos relatados forem confirmados, pode ser qualificado como um caso de agressão sexual e estupro", explicou a promotora de Evry, cidade próxima de Paris, Marie-Suzanne Le Queau.

A justiça abriu uma investigação preliminar, que é o procedimento padrão quando a Promotoria recebe esse tipo de denúncia, ela disse.



O jornal "Le Parisien" afirmou nesta quarta-feira que duas ex-funcionárias municipais apresentaram queixa contra Tron, prefeito de Draveil, subúrbio de Paris.

A denúncia "de assédio sexual foi enviada ao Ministério Público", confirmou à AFP o advogado de ambas as empregadas municipais, Gilbert Collard.

Por sua vez, o advogado de Tron, Olivier Schnerb, classificou as acusações como "contos". "Georges Tron vai abrir um processo por denúncia caluniosa", disse.

Fonte: G1