Vídeo de sexo em provador se torna viral na Ásia

Vídeo feito com um telefone

A polícia de Pequim deteve quatro pessoas que estariam envolvidas na divulgação de um vídeo viral em que um casal faz sexo em um provador de uma loja de uma famosa marca de roupas no centro da capital chinesa.

Em comunicado divulgado neste domingo (19), as autoridades confirmaram que os detidos foram acusados de "divulgar material obsceno", crime passível de até dois anos de prisão na China. No vídeo, feito com um telefone, um casal formado por um menino e uma menina aparentemente faz sexo em um provador da loja japonesa Uniqlo, no centro de Pequim.

As imagens foram gravadas em meados de abril, mas só foram divulgadas agora, segundo a polícia. O casal admitiu às autoridades que enviou o vídeo para um amigo através da rede de mensagem Wechat, e que, não sabem como, foi "pirateado" e publicado na internet.

Image title

Fonte: Terra.com