Voo 447: Justiça francesa acusa Airbus de homicídio culposo

Voo 447: Justiça francesa acusa Airbus de homicídio culposo

O presidente de Airbus, Tom Enders, confirmou o processo e mostrou descontentamento

A Justiça francesa acusou nesta quinta-feira a fabricante de avisões Airbus de homicídio culposo no caso do acidente com o voo 447 da companhia Air France. A aeronave com 228 pessoas a bordo caiu em 1º de junho de 2009 no Oceano Atlântico, quando fazia viagem do Rio de Janeiro a Paris. Não houve sobreviventes.

O presidente de Airbus, Tom Enders, confirmou o processo e mostrou descontentamento com a decisão do juiz. Para ele, há "ausência de fatos que sustentem a acusação".

O Airbus A330 da Air France levava 216 passageiros e 12 tripulantes, entre eles, 72 franceses e 58 brasileiros. Apenas 50 corpos foram encontrados durante as buscas.

Fonte: Terra, www.terra.com.br