Whitney Houston foi morta por traficantes de drogas porque devia R$ 3 mi, afirma detetive

Whitney Houston foi morta por traficantes de drogas porque devia R$ 3 mi, afirma detetive

Para os legistas, no entanto, a morte foi acidental.

Whitney Houston foi assassinada por traficantes de drogas e um vídeo de vigilância seria a nova prova disso, diz um investigador particular que acompanha o caso. Paulo Huebl diz ter entregue evidências para o FBI, que mostra que a cantora de 48 anos foi morta por uma dívida de drogas, em fevereiro.

O médico legista determinou que ela se afogou em sua banheira no Beverly Hilton hotel depois de tomar um coquetel de cocaína, maconha e várias drogas legais.

Ele acredita que a estrela foi morta por vários traficantes que enviaram capangas para cobrar uma dívida enorme que ela devia de drogas.



Ela devia cerca de R$ 3 milhões de acordo com alguns relatórios. O investigador, no entanto, não sabe as circustâncias do assassinato

Ele diz que a estrela recebeu uma entrega de cocaína para o seu quarto no dia antes de sua morte e teria diso: "Eu estou cansado desta merda ". Ele diz que Houston já tinha sido vítima de assédio por traficantes que tentaram cobrar sua dívida.

Huebl diz que obteve um vídeo que mostra dois homens desconhecidos que repetidamente foram para o Beverly Hilton e se integraram a comitiva de Houston.

Ele também não concorda com a decisão da polícia, de que a morte da estrela foi "acidental".

?Feridas no corpo de Whitney teriam ocorrido enquanto ela estava lutando por sua vida ", disse ele.



Fonte: Daily Mail