Internos participam de mutirões contra o Aedes aegypti no Piauí

Mutirões acontecem nas unidades prisionais da capital e de Altos

Internos das unidades penais Colônia Major César Oliveira e Hospital Penitenciário Valter Alencar (HPVA) participaram de mutirão de combate ao mosquito Aedes aegypti.  A ação foi realizada por meio da Coordenadoria de Saúde Prisional, da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus).

Image title Sob orientação de um agente de endemias e com a supervisão da enfermeira Naila Juliana os internos participaram na retirada de lixo e de possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor não só da Dengue, como também dos vírus Zika e da Chikungunya.

De acordo com a enfermeira Naila Juliana, a ação foi muito produtiva tanto para a unidade como para a população em geral. “Não foi encontrado nenhum foco nas unidades, mas, com o início do período chuvoso, os riscos para a proliferação do mosquito aumentam e a Sejus vai intensificar as ações de combatem em outras unidades”, explica a enfermeira.

Nas unidades prisionais da capital e de Altos os mutirões estão sendo realizados em parceria com o setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde. Já nas penitenciárias do interior o trabalho está sendo feito com as secretarias de Saúde municipais.

Fonte: Com informações do Portal do Governo