Irmão de Chorão critica o sobrinho e revela traição de ex-mulher do cantor

Irmão de Chorão critica o sobrinho e revela traição de ex-mulher do cantor

Ricardo Abrão, irmão do cantor, gravou um vídeo para desabafar sobre o musical Dias de Luta, Dias de Glória, que estreia dia 13 de março em São Paulo

Nesta sexta-feira (6), completa-se dois anos da morte de Chorão, ex-vocalista da banda Charlie Brown Junior, mas sua história continua causando polêmica. Ricardo Abrão, irmão do cantor, gravou um vídeo para desabafar sobre o musical Dias de Luta, Dias de Glória, que estreia dia 13 de março em São Paulo e conta a história do músico. Segundo ele, a trama retrata inverdades sobre a vida e família do irmão.

Um dos pontos de que ele discorda é o fato de o musical exaltar a imagem de Thais Lima, primeira mulher e mãe do filho único de Chorão, Alexandre Abrão. Na época do casamento, ela foi acusada de ter traído o cantor, e o caso foi registrado em boletim de ocorrência no 7° DP de Santos, litoral paulista, após Chorão ter batido no suposto amante. “Ela estava transando no carro” disse o irmão no vídeo. A história até então nunca havia sido revelada publicamente.

“Cadê a Graziela, a verdadeira mulher dele? Ela sim foi a musa inspiradora do Chorão”, questionou, citando a última mulher do cantor, a estilista Graziela Gonçalves. “Queremos uma reparação moral. A participação da Thais na vida do meu irmão só foi humilhação, pilantragem e traição", disse ele. Em conversa com revista, na tarde desta sexta-feira (6), Ricardo comentou sobre sua insatisfação e os problemas que sua família tem enfrentado. "Ninguém do musical veio falar com a gente, a verdadeira família. Essa família (família da Thaís, mãe do Alexandre) só trouxe desgraça e humilhação na vida do meu irmão. Não entendo porquê eles estão neste musical", lamentou ele.


Ao lado de Ricardo no vídeo está o vocalista da banda Joey, Carlinho, que diz ter sido muito amigo do cantor. “O Chorão não morreu junto com o rock, e no que depender de mim, isso nunca irá acontecer, vamos honrar a memória dele”, disse. "Por isso, resolvemos fazer o vídeo. Para mostrar a verdade para os fãs e o público. Não comprem uma mentira."

“O Ricardo perdeu a mulher e tem duas filhas que ficaram órfãs de mãe. A dona Nilda precisa de cuidados o tempo todo e ainda tem canalha que diz que o cara é vagabundo. É dono de casa, cuidador, pai, perdeu a mulher, o irmão e irmã, tem gente que não sabe um terço da história”, conta Carlinho sobre o amigo.

Ricardo ainda acusou o filho de Chorão de ter abandonado a família e não honrado a memória do pai. “A família do Chorão é a mãe, os irmãos, e não a família da mulher que traiu ele. É uma corja”, contou. “Dona Nilda, que tem 78 anos, sofreu dois AVCs, anda em uma cadeira de rodas e convive com medo de ser expulsa do apartamento dado por Chorão em vida", disse o irmão. "O que o meu irmão fez em vida precisa ser respeitado. Coisa que o Sr. Xande (Alexandre) não respeita. Você dá risada. Faz festa. Duas semanas após a morte do seu próprio pai, você estava fazendo festa no apartamento dele. Não deu sequer um telefonema para minha mãe", desabafou a respeito do sobrinho.

No bate-papo com a revista, ele contou ainda que antes da morte do irmão a relação com o sobrinho era boa. "Antes da morte a gente estava junto todo final de semana, todo mundo almoçava, curtia junto. Não dá para entender, é ganância pura. Ele (Alexandre) tira entre R$260 e R$300 mil reais por mês. Custa dar R$10 mil para avó dele? E eles já avisaram que ela morrendo eles vão querer o apartamento da minha mãe também. Três meses depois da morte eu procurei ele (Alexandre) para tentar alguma coisa (pensão para a mãe/vó) e ele falou que não tinha que dar nada", disse Ricardo.

"Esse moleque não tem nada a ver com meu irmão, nem na aparência física, ele é um retardado mental. Vai saber né? Na época que meu irmão começou pegar a Thais ela namorava outro, vai saber se né?! Se é filho dele mesmo. Mas isso eu só acho, não tem como saber", contou ele, que revelou que a ex-mulher de Chorão não queria ter o bebê. "Ela queria abortar o filho (Alexandre), veio pedir ajuda para a gente. Mas somos contra isso, e não concordamos. Daí eles se casaram quando ela estava com oito meses, e um ano depois meu irmão pegou ela com outro cara. No ato do sexo. Acabou com todos eles", disse ele

Segundo Ricardo, filho e ex-mulher contradisseram o que o próprio Chorão cantou em música: "Podem me tirar tudo o que tenho, só não podem me tirar as coisas boas que eu já fiz pra quem eu amo", dizia letra de Gueto do Universo.

“Ele deixou um patrimônio de 40 milhões de reais, e a mãe dele vive nesse situação." Segundo Ricardo, a arrecadação com direitos autorais por mês pode chegar a 300 mil reais. "Eles pegaram a coleção de guitarras do Chorão, dólares, um Audi que a família da Thais desfila em Santos. A família dela nem precisava eles já são ricos fizeram por pura maldade”, disse, indignado

Fonte: revistaquem