Irmão de Suzane Richthofen cogitou deixar o país após caso chocante

A irmã dele, Suzane, está presa pela morte dos pais em 2002.

O irmão de Suzane von Richthofen, Andreas von Richthofen, de 29 anos, foi internado no Hospital Municipal do Campo Limpo, na zona Sul de São Paulo. Ele foi levado por policiais após ter sido encontrado dormindo no quintal de uma casa com roupas rasgadas e ferimentos no corpo. 

Após o crime da irmã, que assassinou os próprios pais no bairro do Brooklin, em São Paulo, Andreas foi morar com um tio, o médico ginecologista Miguel Abdalla Neto, que manteve a guarda do sobrinho até que ele atingisse a maioridade. O jovem formou-se em Farmácia e fez doutorado em Química Orgânica na Universidade de São Paulo (USP).

Em entrevista para a Rádio Estadão, em 2015, ele surpreendeu ao contar que vivia bem, sem namorada e sem filhos. À época, afirmou que pensava em deixar o Brasil, devido ao peso do sobrenome Richthofen.

Ele então se recusou a comentar o crime de sua irmã, executado junto com os irmãos Christian e Daniel Cravinhos, mas disse que se sentia “ferido” quando a imprensa tratava do tema ou dos “assassinos” de seus pais. 



Fonte: Com informações da Veja
logomarca do portal meionorte..com