ISEAF comemora 100 anos

Fórum é realizado para comemorar os 100 anos

O Instituto Superior de Educação Antonino Freire (ISEAF) está completando 100 anos e com o objetivo de discutir a formação continuada dos alunos realiza durante esta semana o I Fórum Integrador: Pesquisa, Linguagem, Ensino, Aprendizagem e Formação. O evento que acontece até o próximo sábado, foi idealizado a partir da necessidade de incentivar a produção de conhecimento no instituto.

De acordo com a diretora do ISEAF, Regina Sabóia, vários eventos estão previstos para celebrar a data. ?Na verdade vamos comemorar os 100 anos de instituto e surgiu a necessidade de realizarmos eventos para a discussão das necessidades e problemas na formação continuada do docente?, relata a diretora. O fórum será um momento de discussão dos projetos já adotados no instituto e dos novos rumos a serem seguidos.

?Nesse encontro vamos discutir a produção de conhecimento científico no ISEAF e ainda realizar oficinas onde vamos proporcionar situações de ensino e aprendizagem?, explica Regina Sabóia. A expectativa da diretora é que 300 pessoas participem do fórum. ?Temos professores de outras instituições participando do nosso encontro?, ressalta a diretora acrescentando que espera por discussões muito proveitosas durante o encontro.

Atualmente o instituto realiza pesquisas voltadas para a atividade docente e que já foram apresentadas em outros eventos. ?O instituto trabalha com pesquisa desde o primeiro bloco com a iniciação a prática pedagógica em escolas que são objeto de estudo?, comenta Regina Sabóia explicando que os alunos participam de visitas a escolas estaduais e municipais, observam problemas monitorados por professores e apontam soluções. ?Voltando ao instituto eles fazem a discussão da escola e com isso eles tem uma experiência sobre a realidade que vão trabalhar e os problemas que vão enfrentar?, enfatiza.

Regina Sabóia destaca que o instituto em seu novo formato ainda está se firmando, mas que tem conseguido assegurar presença entre as instituições de ensino superior. ?Nós estamos em um estágio recente aqui no Estado, mas estamos nos apresentando em eventos científicos, além dos professores que estão fazendo mestrado e tem apresentado trabalhos que confirmam as observações que realizamos aqui?, disse a diretora. (C.R.)

Fonte: Carlos Rocha, Jornal Meio Norte