Brasileiro sai da prisão após suspeita de incendiar sua casa

Zagueiro é apontado como principal suspeito no incêndio que destruiu residência

O zagueiro Breno ganhou liberdade condicional nesta quinta-feira, em Munique, na Alemanha. O jogador estava preso desde 24 de setembro numa casa de detenção para jovens, detido após a residência em que morava ser destruída após incêndio. A polícia suspeita que o ex-jogador do São Paulo tenha sido o responsável. O Bayern de Munique pagou a fiança.

?Estamos muito felizes em saber que o Breno foi liberado, podendo voltar para sua família e para o Bayern?, declarou o presidente do Bayern, Karl-Heinz Rummenigge.

Muitas especulações surgiram sobre o motivo do incêndio. A hipótese de ter queimado o local de propósito para pegar o seguro da casa é contestada, já que a residência é alugada. A casa pertencia a um casal de austríacos.


Jogador brasileiro sai da prisão após suspeita de incendiar sua casa

Alguns jornais alemães levantaram a hipótese de que houve uma forte discussão entre Breno e sua esposa horas antes do incêndio. O jogador teria entregado três isqueiros às autoridades.

Breno vivia momento difícil no Bayern de Munique, destacou o colega de equipe, o brasileiro Rafinha. O zagueiro se recupera de lesões e teve de adiar o retorno aos campos devido a novas complicações.

Recuperado da lesão no joelho, Breno deve ser aproveitado para os campos tão logo reinicie as atividades com o elenco.

Fonte: UOL