Jornalista se engana e acaba baleado após ser guiado por GPS a favela

Jovem de 25 anos estava em carro blindado quando foi atacado por traficantes


Jornalista é baleado após ser guiado por GPS a favela

Um jornalista de 25 anos, identificado como Thomaz Cividanes, foi baleado após entrar por engano no morro do 48, em Bangu, zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo um amigo da vítima, ele teria sido guiado para a comunidade pelo GPS do carro, na madrugada de domingo (19).

O amigo do produtor de TV contou ainda que traficantes dispararam muitos tiros, mas apenas um atravessou a blindagem do veículo, acertando o pé de Thomaz.

Segundo testemunhas, mesmo baleado, o jornalista dirigiu por cerca de 5 km até Vila Valqueire, onde conseguiu ajuda. De lá, ele foi encaminhado para o hospital Salgado Filho, no Méier, zona norte.

Horas depois, Thomaz foi transferido para um hospital particular de São Paulo. Seu estado é estável.

Fonte: R7, www.r7.com