Unidade Fiscal provocou aumento das taxas do Detran

Unidade Fiscal provocou aumento das taxas do Detran

A redução concedida pelo governo pouco foi percebida pelos usuários

As novas taxas do Departamento Nacional de Trânsito (Detran), que entraram em vigor em 2013 reduzindo as cobranças em até 70%, conforme lei aprovada pelo governo, não foram sentidas pelo usuário.

?A única redução foi da transferência de propriedade, essa redução durou pouco e logo o preço aumentou. Ela baixou para R$ 110,00 e subiu novamente para R$ 116,00?, disse um proprietário de veículo automotor.

O diretor do Detran, José Vasconcelos, explicou na manhã desta terça-feira, 14, o que aconteceu com as alterações dos novos valores inicialmente cobrados. Segundo ele, a causa é a Unidade Fiscal de Referência.

?Quando virou o ano a Unidade Fiscal de Referência teve um pequeno acréscimo elevando os valores. Antes, um emplacamento que custava R$ 184,00, desceu para pouco mais de R$ 90,00, quando virou o ano, com o aumento provocado pela Unidade Fiscal, a mudança elevou o valor para R$ 102,00?, esclarece.

VEJA A REPORTAGEM

Fonte: Denison Duarte