Jovem de 13 anos morre após contrair doença com absorvente interno

Ela apresentou sintomas como vômitos, febre alta e diarreia.

A nadadora Jemma-Louise, de 13 anos, usou uma artimanha muito usada por diversas mulheres para fazer com que a menstruação não atrapalhe diversas atividades. Sem querer ter problemas com os seus treinos a americana colocou absorventes internos e morreu depois de desenvolver a síndrome do choque tóxico, uma infecção bacteriana rara, porém letal, ligada ao uso desse absorvente.

A jovem logo apresentou sintomas como vômitos, febre alta e diarreia, O primeiro diagnóstico que Jemma-Louise recebeu foi de norovírus, que causa problemas gastrointestinais e é contraído pela ingestão de alimentos crus manipulados por mãos infectadas. O hospital sugeriu, então, que os pais da menina a levassem rapidamente de volta para casa, para evitar que o local fosse infectado.

Entretanto, poucos minutos depois os sintomas das meninas começaram a se agravar foi quando os médicos começaram a suspeitar do choque tóxico. Quando caem na corrente sanguínea, as bactérias liberam substâncias altamente tóxicas, que danificam tecidos internos e externos, até que acabam atingindo órgãos internos vitais. Jemma morreu uma semana depois de dar entrada no hospital, por causa de uma hemorragia cerebral.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do R7