Jovem morre após fazer foto do velocímetro marcando 170 km/h

Jovem morre após fazer foto do velocímetro marcando 170 km/h

Jovem morre após tirar foto dirigindo a 170 km/h

Uma jovem de 19 anos morreu após bater o carro em uma pilastra de uma passarela, no fim da tarde desta segunda-feira (25), na rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura da cidade de Itanhaém, no litoral de São Paulo. A jovem tirou uma foto do velocímetro em alta velocidade segundos antes do acidente.

Giovanna Dias de Souza Alves, de 19 anos, trabalhava em um banco em Praia Grande. Ela estava voltando para casa, em Itanhaém, quando ocorreu o acidente, por volta das 18h, no km 315 da rodovia. A jovem perdeu o controle da direção e bateu o carro em uma pilastra de sustentação de uma passarela.

Segundo a polícia, antes de morrer Giovana tirou uma foto com o celular que prova que o veículo estava em alta velocidade. De acordo com a polícia, a jovem dirigia a 170 km/h e essa pode ter sido a causa do acidente. O celular da jovem foi recolhido pelo Instituto de Criminalística de Itanhaém e passará por análise.

Giovana morreu no local. O carro foi retirado depois de duas horas do acidente e ficou totalmente destruído. O corpo de Giovana foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Praia Grande. Ainda não há previsão do horário do velório e enterro do corpo de jovem.


Jovem de 19 anos morre em São Paulo após fazer foto do velocímetro marcando 170 km/h

Jovem de 19 anos morre em São Paulo após fazer foto do velocímetro marcando 170 km/h

Fonte: G1