Jovem que destruiu imagens sacras em Sacramento será investigado

Crime aconteceu nessa quarta-feira quando um homem invadiu a Igreja do Santíssimo Sacramento e quebrou várias imagens sacras do local.

A atitude de um jovem assustou e revoltou moradores da cidade Sacramento, de cerca de 28 mil habitantes, na Região do Alto Paranaíba, na tarde de quarta-feira. De acordo com a Polícia Militar, Misael Rodrigues Félix, 20 anos, invadiu a igreja Matrix da Paróquia do Santíssimo Sacramento e destruiu várias imagens que ficavam expostas no santuário. No momento da ação o local estava vazio e nenhuma pessoa ficou ferida. O que chama a atenção da Polícia Civil é que o rapaz teria fugido de uma clínica psiquiátrica e afirmado que resolveu quebrar as peças por ser evangélico.


Jovem que destruiu imagens sacras em Sacramento será investigado

Conforme informações relatadas no boletim de ocorrência, o crime aconteceu por volta das 16h30, mas a polícia só foi chamada depois que uma mulher que caminhava pelo local estranhou os barulhos vindos da paróquia. "Recebemos uma denúncia de que pessoas estavam quebrando a Igreja. Quando chegamos ao local o indivíduo se preparava para fugir. Testemunhas nos informaram que outro suspeito ajudou a destruir as imagens, mas fugiu em seguida", disse o sargento Elisson Fernando, da Polícia Militar de Sacramento.

O suspeito foi preso em flagrante e encaminhado ao presídio local e até momento o outro homem que teria participado do crime não foi encontrado. A Polícia Civil autuou Misael por dano qualificado, e de acordo com o delegado da Polícia Civil regional em Sabará, Rafael Jorge, pode pegar entre seis meses e trêa anos de reclusão. "Aparentemente ele apresenta distúrbios psicológicos, inclusive temos informações de que ele fugiu de uma clínica de Uberlândia. Além disso, aparentava visível descontrole emocional quando foi detido, e nos disse que por ser protestante não aceita essas imagens", declarou o delegado.

Ainda conforme a Polícia Civil, até o momento nenhum parente do autor foi à cidade para ajudá-lo, mas que familiares teriam telefonado para o presídio com o objetivo de ter notícias de Misael. O caso está sendo investigado e dentro de 20 dias deve ser esclarecido. "Também vamos verificar se outras pessoas ajudaram a destruir todo o material da igreja, se isso for confirmado iremos trabalhar para encontrar os responsáveis", finalizou o delegado Rafael Jorge.

Braço da imagem da padroeira da cidade foi quebrado (O Estado do Triângulo/Walmor j.s.)

Braço da imagem da padroeira da cidade foi quebrado

De acordo com o padre Sérgio Márcio de Oliveira, cerca de 10 imagens foram destruídas, cadeiras e um ventilador e o clima na cidade é de total tristeza. "Entre as peças destruídas está a imagem da nossa padroeira, que é uma peça de madeira do ano 1857, única no mundo. Outras obras de mais de 100 anos também foram quebradas. A igreja vai ficar fechada até domingo, mas vamos continuar com o nosso trabalho", relatou.A prefeitura de Sacramento divulgou nota onde declara repúdio ao incidente. Conforme o texto, a administração municipal informa que espera que as autoridades competentes apurem o fato onde foram destruídos imagens sacras, inclusive algumas tombadas pelo patrimônio público e finaliza com a defesa da paz, independentemente da religião dos cidadãos.

Fonte: EM