Jovem que matou os pais a facadas em Guarulhos é condenado a 36 anos de prisão pela Justiça

Jovem que matou os pais a facadas em Guarulhos é condenado a 36 anos de prisão pela Justiça

Crime aconteceu em fevereiro de 2012 dentro de casa; acusado ainda fugiu e causou acidente

A Justiça condenou, na última terça-feira (6), a 36 anos de prisão o jovem que matou os pais a facadas em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo. O crime aconteceu no dia 8 de fevereiro de 2012, no Parque Uirapuru.

De acordo com o Ministério Público, no dia do crime, Henrique Ramos Vieira bebeu, usou drogas e se desentendeu com os pais. Luiz Pedro Vieira, de 50 anos, e Rosimeire Ramos Vieiraque, de 45 anos, queriam que o filho largasse os entorpecentes, arrumasse um emprego e abandonasse um relacionamento amoroso que eles não consideravam sadio.

O pai foi atacado com 15 facadas em diferentes partes do corpo e a mãe, com outras oito facadas. As vítimas morreram no local. Em seguida, Henrique pegou o carro da família e fugiu do condomínio onde moravam. Pouco depois, ele bateu o automóvel, foi preso em flagrante e internado em um hospital sob escolta policial. Antes de sair do condomínio, ele ainda arremessou a faca utilizada no crime contra o porteiro que foi ameaçado de morte.

Crueldade dentro de casa: relembre crimes cometidos em família

Leia mais notícias de São Paulo

Ele foi condenado por duplo homicídio qualificado (motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa das vítimas). A pena de 36 anos de reclusão deverá ser cumprida em regime fechado, e o acusado não poderá apelar em liberdade.

Relembre o caso:

Fonte: r7