Jovem com doença que deforma pés ganha calçados especiais

Jovem com doença que deforma pés ganha calçados especiais

É a primeira vez que ela inicia tratamento especializado em seus 25 anos.

A jovem que enfrenta a síndrome de Proteus, uma doença rara, sem cura, que causa o crescimento exagerado de alguns membros do corpo, ganhou tratamento em uma clínica particular em Salvador, que foi iniciado nesta quinta-feira (12), após os 25 anos de vida.

Deise dos Santos soube do médico que também vai ganhar sapatos feitos sob medida e tratamento com podólogo - hoje, por conta do inchaço nos pés, ela só pode usar uma sandália, feita em proporções maiores do que o normal. "No caso dela, felizmente, é apenas de membros inferiores. A gente vai tentar dar mais conforto para ela. A queixa dela principal são os pés que doem e a gente vai dar um alívio", afirma o médico ortopedista Marcio Lopes.

As medidas dos pés da paciente foram tiradas também nesta quinta-feira. "A bota e a sandália são personalizados. Vão amenizar as dores dela, fazer um contato total da planta do pé [com o solo] e aí ela vai ter uma vida bem melhor", afirma o técnico ortopedico Edion Gomes.

Depois da consulta, que marca a sua primeira tentativa de tratamento especializado, Deise dos Santos sai da clínina otimista. "É um sentimento de alívio. Eu sei que estou conseguindo tudo o que sempre sonhei. Está dando certo e creio que vai dar mais certo ainda", afirma a jovem. Em todo mundo, a estimativa é que existam apenas 200 casos da doença.

Fonte: G1