Jovem tenta assustar namorado e é atropelada e morta por um trem

Jovem tenta assustar namorado e é atropelada e morta por um trem

Mulher de 23 anos morreu na hora; trem estava a cerca de 97 km/h.

Uma mulher morreu após ser atropelada por um trem na estação de Wimbledon, em Londres, Inglaterra. Charlene Pickering, de 23 anos, teria descido nos trilhos do trem durante uma discussão com o namorado, para ?assustá-lo?.

Segundo o jornal britânico Daily Mail, o trem que atropelou a jovem estava a cerca de 97 km/h. Charlene estava discutindo com o namorado, Daniel Pickett, sobre o que o casal faria no resto da noite. De acordo com as investigações, Charlene havia bebido quatro taças de vinho antes da briga.

Após Charlene pular na via, um de seus pés ficou preso nos trilhos. Um dos supervisores da estação tentou ajudar a jovem a voltar para a plataforma, mas não conseguiu puxá-la. Cerca de quatro segundos depois, Charlene foi atingida pelo trem e morreu na hora.

Segundo as autoridades, o trabalhador que tentou ajudar a jovem, identificado como Olu Owalabi, está ?traumatizado com a experiência?. Owalabi contou às autoridades que já havia pedido para Charlene não se sentar na plataforma com os pés para fora, na direção dos trilhos.

A empresa responsável pelos trens afirmou que, mesmo que Owalabi tivesse tentado alertar o maquinista, não seria possível parar o trem, já que o veículo já estava se aproximando da estação quando Charlene pulou nos trilhos.

Daniel Pickett, namorado da jovem, foi preso ainda na estação sob suspeita de que ele também teria pulado nos trilhos. Como não há suspeita de que Pickett tenha empurrado a namorada, ele foi liberado horas depois.

Em seu depoimento, Pickett disse que pediu para que Charlene não pulasse e contou que a namorada já havia feito coisas parecidas antes, para tentar assustá-lo.

De acordo com a polícia, a morte de Charlene foi causada por uma ?combinação trágica de álcool e impulsividade?.

Fonte: R7, www.r7.com