Jovem vende brigadeiros na rua para cumprir sonho e arrecada 9 mil reais em 3 meses

Logo notou que o negócio daria certo, então continuou investindo e explorando novas áreas de Brasília, onde mora, como parques e restaurantes

Quando a gente quer alguma coisa, não basta só pedir, tem que fazer. Foi assim que o árbitro de basquete João Ricci concretizou seu grande sonho de ir para a Espanha assistir a um campeonato do esporte. Com 26 anos, passou a vender brigadeiros na rua em quatro dias por semana, durante três meses, o que lhe rendeu 9 mil reais, dinheiro já gasto com as passagens e os ingressos.

Foi num dia com apenas 20 reais no bolso que Ricci decidiu juntar grana para realizar seu sonho. Comprou os ingredientes, fez duas panelas da receita e saiu para vender, voltando para casa com 50 reais após 40 minutos de trabalho. Logo notou que o negócio daria certo, então continuou investindo e explorando novas áreas de Brasília, onde mora, como parques e restaurantes.

Vendidos a um real, os brigadeiros são produzidos em grandes quantidades: são 220 por dia, o que acaba rendendo 900 reais por semana ao jovem empreendedor. Durante a Copa do Mundo, os doces renderam mais ainda, chegando a 450 unidades só na final do campeonato. O segredo do sucesso, segundo ele, não é só a receita, mas sim a história por trás de quem está vendendo. Isso é o que motiva as pessoas a comprarem e colaborarem com seu sonho.

Em matéria, ele deixou mensagens importantes: “O que consegui perceber desse tempo é que a gente cria paradigmas no estilo de emprego e na forma de ganhar dinheiro em Brasília. (…) O que a gente precisa de verdade é sobreviver, é ganhar seu dinheiro para fazer suas coisas, seu projeto. Dizem que você pode ficar velho e que precisa ter um projeto de vida, mas esse projeto pode acontecer sendo funcionário público, tendo um restaurante ou vendendo brigadeiro.”



Fonte: hypeness.com