Juiz multa advogado em 60 salários mínimos por faltar audiência

O advogado faltou a audiência e não justificou a ausência


O juiz Ulysses Gonçalves da Silva Neto multou nesta segunda-feira (16) o advogado Hartônio Bandeira em 60 salários mínimos devido ele ter faltado ao júri popular que tinha como réu o homicída Genário Carvalho Silva, que é acusado de matar o borracheiro Francisco de Assis Castro Machado, em Esperantina em agosto de 2014.

O juiz responde pela Comarca de Esperantina onde aconteceria o julgamento. Ulysses Gonçalves declarou ainda que além da multa, comunicará o fato para a Ordem dos Advogados seção do Piauí.

Segundo o magistrado, a advogado em questão não justificou a sua ausência no julgamento.

Com relação ao júri popular, o magistrado transferiu o mesmo para a próxima segunda-feira (23/03).

Fonte: jornalesp