Lagoa do São Francisco: Pai de menor abusada dá detalhes do caso

As vítimas de estupro tinham de oito a dez anos.

O pai de uma das quatro adolescentes, vítima de abuso sexual no município de Lagoa do São Francisco, a 195 km de Teresina, deu detalhes do caso durante entrevista so site "Piripirireporter". Revoltados, os moradores foram até a principal praça da cidade clamar por justiça. 

Francisco Viana, que é pai de uma adolescente de 13 anos, vítima do abuso sexual, revelou que sua filha sofria abusos há pelo menos 8 anos. Segundo ele, o acusado abusou de várias outras crianças.

“Ele usava a própria filha para se aproximar das amigas dela. Depois de insistirmos muito, minha filha falou para a gente o que acontecia. A gente sabe de muitas pessoas que teriam sido vítimas dele e não querem denunciar por algum medo”, afirmou.

Tenente PM Gideão, comandante do GPM da cidade, disse que o acusado foi intimado, prestou depoimento e foi liberado logo em seguida. “O caso é acompanhado pela delegacia de Pedro II, onde ele compareceu, deu depoimento e, depois, liberado”, esclareceu. 

O delegado de Pedro II, Genival Vilela Lima, que é responsável pelo caso, informou que as vítimas de estupro tinham de oito a dez anos quando foram abusadas. As adolescentes informaram que o trabalhador autônomo ficava passando a mão em suas partes íntimas e com duas delas manteve relações sexuais.

O protesto, que teve início na praça matriz de Lagoa do São Francisco, percorreu várias ruas da cidade. Com faixas e carros de som, eles pediram mais segurança e exigiram que o acusado seja punido. 

Image title



Fonte: Com informações do Piripirireporter