Lar Flores de Maria precisa de doações; realize a sua!

A flor mais experiente tem 94 anos de idade

Delicadas e belas, as florzinhas, como são chamadas as idosas que vivem no Lar das Flores de Maria, são preservadas por um equipe de 20 voluntários permanentes e precisam de doações para manter a qualidade de vida. Fraldas descartáveis, nos tamanhos ?P?, ?M? e ?G? são os itens que elas mais precisam no momento. Além disso, leite e material de limpeza é algo que frequentemente as 10 flores que moram no abrigo precisam. A flor mais experiente tem 94 anos de idade.

Uma das voluntárias, Aline Cavalcante, fala um pouco sobre a história do lar que existe há um ano e 04 meses. ?Somos uma família e todos os membros ajudam em tudo. Todos são voluntários. No dia, 29/12/2012 a missa de abertura com a benção do padre Tony. A primeira florzinha foi acolhida dia 24 de dezembro?, afirma.

.

Ela explica que o Lar se fez nas bases de sua própria família. ?A minha família é muito católica. Metade da minha família já foi freira, religioso... A família sentiu a necessidade de fazer algo a mais e não ficar só em palavras. Então a gente viu a necessidade e o abandono do idoso?, conta e informa que a mãe doou a casa fazer o abrigo, onde as florzinhas moram e . são atendidas 24 horas.

Aline relata um pouco da rotina e afirma que existe uma preocupação especial não só com o bem estar físico, mas também espiritual. ?É muito fácil você dar um prato de comida. A gente trabalha com um todo, a gente trabalha muito a espiritualidade. Todas as acolhidas da casa são católicas?, observa. .

Sobre a estrutura oferecida às idosas, Aline fala que é feito o possível para que elas tenham a melhor qualidade de vida. Como o lar depende de doações, são acolhidas poucas flores. Exatamente para garantir que elas tenham todos os cuidados necessários. ?A gente vai trabalhando em cima da situação de cada idoso e temos pouco tempo e poucos médicos voluntários e não dá pra acolher todas. A gente vive de doações, da providência de Deus e das almas caridosas. Tem tempos que estamos aperreados, tem tempo que a providência é boa. ?, declara.

Muitas chegam tristes, depressivas, bem debilitadas e quando elas conseguem melhorar, andar sozinhas, ir ao banheiro só, começam a brincar, conversar todos os voluntários se sentem recompensados pelo trabalho realizado. ?É um trabalho de Deus. Você está ajudando alguém que não tem como te retribuir. Mas o pagamento é um sorriso, um afeto, a melhora de cada uma delas. Queremos que Deus nos cubram de bençãos para ajudar mais pessoas?, declara.

Quem puder doar, basta ligar para o número (86) 3234 -1775. O endereço é: Rua Dr. Francisco Almeida, Nº 994, Ininga, próximo ao Condomínio Santa Mônica. Os voluntários também buscam as doações em casa, para os que não tiver disponibilidade de tempo. Outra opção é fazer um depósito na conta do Lar Das Flores De Maria Maria. Caixa Econômica, Agência 3829, conta 350-6, operação 003. Gardênia e Alan são as pessoas responsáveis pelo abrigo.


Lar Flores de Maria precisa de doações

Lar Flores de Maria precisa de doações

Lar Flores de Maria precisa de doações

Texto: Vicente de Paula

Fonte: Denison Duarte