Laudo sobre incêndio no Centro Administrativo não está concluído

O auditor governamental da CGE, que faz parte da equipe que prepara o laudo, afirmou que o documento não foi concluído ainda

A Controladoria-Geral do Estado (CGE) enviou, na manhã desta sexta, nota oficial sobre uma informação equivocada divulgada em algumas redes sociais e sites acerca do laudo técnico sobre incêndio no Centro Administrativo.

Veja nota na íntegra:

Em face das últimas informações noticiadas por diversos órgãos da imprensa piauiense, venho por meio desta Nota Técnica esclarecer pontos controversos sobre o caso do incêndio no edifício-sede da CGE/SESAPI/SEDET.

O Governador Wilson Martins, no dia em 25 de outubro de 2011, dia seguinte ao incêndio ocorrido, publicou o Decreto nº 14.617, constituindo Grupo de Trabalho para avaliação dos danos e de providências para equacionamento dos prejuízos à gestão pública do Estado.

Esta equipe técnica foi surpreendida na manhã desta data (04/11) por uma enxurrada de informações em diversos portais do Estado relativas a declarações da Dra. Lucile Moura, que teria afirmado a existência de um laudo conclusivo da equipe de auditores da área de Engenharia Civil da CGE condenando a estrutura danificada à demolição após a investigação das causas do incêndio.

Tal laudo não existe. Os trabalhos desta comissão se encontram em andamento e a estrutura do prédio incendiado não foi condenada. Na engenharia não há espaço para ?achismos?, logo, apenas após a conclusão dos levantamentos em curso teremos elementos suficientes para afirmar qual a solução técnica e economicamente mais adequada: se a recuperação estrutural do prédio ou sua demolição para posterior reconstrução.

Por determinação do Governador, apenas esta comissão tem autoridade para falar oficialmente sobre a questão do incêndio e seus desdobramentos. A Dra. Lucile Moura não faz parte desta comissão, motivo pelo qual concluímos que suas manifestações tiveram caráter pessoal e opinativo, e um mal entendido terminou por dar uma indevida roupagem oficial às suas palavras.

Atenciosamente,

 

JONATHAN MADEIRA DE BARROS NUNES

Auditor Governamental ? CGE-PI

Coordenador do Grupo de Trabalho

Fonte: Assessoria