Lei Lixo Zero já autuou 14 em fiscalização feita em Teresina

Lei Lixo Zero já autuou 14 em fiscalização feita em Teresina

A Lei do Lixo Zero começou a aplicar ontem as primeiras multas no centro da cidade. Até o meio-dia de segunda 14 pessoas foram multadas pelos fiscais

Uma bagana de cigarro no chão foi motivo para uma das primeiras autuações que aconteceram na manhã de ontem na Praça Rio Branco. A partir de agora quem for pego pelos fiscais da SDU Centro-Norte será abordado e notificado a pagar a multa no valor de R$ 100.

As equipes com cerca de 24 fiscais, com seguranças terceirizados da Prefeitura e policiais militares estão circulando pelas ruas do centro e aplicando as multas quando flagram alguém jogando algum tipo de lixo no chão.

O vendedor Rafael Torres, que jogou a bituca no chão confessa que sabia da lei, mas a força do hábito fez com que ele jogasse o cigarro no chão sem perceber.

Ele relata até que tinha acabado de jogar um papel no lixo, mas ao terminar de fumar havia esquecido que filtro de cigarro também é lixo e pode demorar até 05 anos para se decompor na natureza.

?Por essa eu não esperava. Na hora me assustei porque pensei que fosse outra coisa. Ainda estou chocado e vou ver se na lei há alguma brecha?, afirma.

No momento em que joga o lixo no chão apessoa é imediatamente autuada. Não adianta recolher o lixo e por na lixeira depois, como tentou fazer a enfermeira Maria Pia. Ela que é de Balsas, no Maranhão, ficou revoltada com a multa e alegou não saber da lei.

Eu não estava sabendo, sou do Maranhão. Mas não tem problema não, agora eu quero que eles (fiscais) façam isso com todo mundo que saiba desta lei. Eu já vi muita gente jogando lixo nessa praça hoje e não aconteceu nada?, questiona.

Indignada ele ainda reclama que faltam lixeiras na cidade e que a lei não se aplica a todos. ?Estão multando os pobres e os bestas. Duvido que na Areolino de Abreu tenha um coletor?, declara.

O fiscal Camargo que estava realizando autuações na Praça Rio Branco explica que na manhã de ontem as abordagens foram tranquilas. Os fiscais comunicam a infração e solicitam documentos de identificação da pessoa para preencher o formulário da multa.

Segundo ele, não houve resistência da população apesar da grande quantidade de reclamações. Ele frisa que não foi necessário usar a força policial e nem os seguranças que acompanham os fiscais, caso o cidadão se recuse a receber a multa.

De acordo com o gerente de fiscalização, Alexandre Mariano, até meio-dia 14 pessoas foram multadas. Ele destaca que a fiscalização acontece o dia todo, encerrando apenas às 18 horas.

Ele também destaca que a fiscalização está ocorrendo apenas em áreas onde há quantidade suficiente de lixeiras, como na Praça Rio Branco, Frei Serafim, Praça Marechal Deodoro da Fonseca, nas Ruas Eliseu Martins com Simplício Mendes, Areolino de Abreu, Teodoro Pacheco.

Ele destaca que novas lixeiras serão implantadas. ?Estamos aguardando que a empresa que ganhou o certame implante as lixeiras. Daqui 30 dias 250 lixeiras já devem estar implantadas em toda área central. Os fiscais não vão dispersar e todo mundo será autuado?, afirma.

Fonte: Vicente de Paula