Lei que garante gratuidade em remédios para o diabetes é aprovada

Com a ação, cerca de 200 mil pessoas serão beneficiadas, sendo 16 mil apenas em Teresina

De autoria do deputado estadual Luciano Nunes (PSDB), a lei que trata sobre a distribuição gratuita de medicamentos e materiais necessários à aplicação e ao monitoramento da glicemia capilar aos portadores de diabetes no Piauí foi aprovada no Plenário da Assembleia Legislativa.

Com a ação, cerca de 200 mil pessoas serão beneficiadas, sendo 16 mil apenas em Teresina. O projeto agora segue para o Executivo, onde o governador Zé Filho (PMDB) deverá optar pela sanção da pasta. Desse modo o Estado e os municípios deverão manter, permanentemente, a distribuição regular, para os portadores de diabetes, dos medicamentos necessários para o tratamento correto de sua condição de saúde e os materiais indispensáveis à sua aplicação e à monitoração da glicemia capilar. “Estamos nessa luta pela causa dos diabéticos do nosso Estado por entender que o diabetes é uma doença crônica por vezes devastadora, dessa forma, precisamos de um olhar diferenciado para a doença”, comentou Nunes.

Segundo o parlamentar, o texto do projeto de lei foi montado em conjunto com a Associação dos Diabéticos do Piauí (ADIP), de modo que o melhor pudesse ser feito para esses pacientes, que necessitem de acompanhamento médico constante. “A distribuição gratuita de medicamentos e insumos necessários ao autocuidado, em especial para a monitoração da glicemia capilar, repercutirão na redução da necessidade de internações – bem mais caras – em decorrência da redução significativa de complicações. Portanto, com a lei sancionada pelo Governo do Estado pretendemos melhorar a qualidade de vida do diabético e oferecer um tratamento mais humano”, finalizou o parlamentar.

Clique e curta Portal Meio Norte no Facebook

Fonte: Francy Teixeira