Líderes da Índia e Paquistão se reúnem para melhorar relações

A Índia suspendeu um demorado processo de paz com o Paquistão depois dos ataques a Mumbai

Os premiês da Índia e do Paquistão tiveram "conversas muito boas" na capital do Butão e concordaram que as relações entre eles deveriam ser normalizadas, disse nesta quinta-feira a secretária de Relações Exteriores indiana, Nirupama Rao.

O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, e seu colega paquistanês Yousuf Raza Gilani estão no Butão para uma cúpula de líderes sul-asiáticos. Essa foi a primeira reunião entre os dois líderes em nove meses.

"Ministros e secretários de Relações Exteriores devem se reunir o mais rápido possível", disse Rao a jornalistas depois da reunião.

A declaração de Rao demonstrou algum progresso nas relações entre os dois rivais que estiveram congeladas desde os ataques de 2008 a Mumbai. A estabilidade entre as duas potências nucleares é vista como crucial para ajudar nos esforços, liderados pelos EUA, de trazer paz ao Afeganistão.

A Índia suspendeu um demorado processo de paz com o Paquistão depois dos ataques a Mumbai, responsabilizando militantes do país vizinho. Islamabad quer a retomada dos diálogos, mas Nova Délhi já disse que isso deveria ocorrer apenas se os mentores do ataque fossem punidos pelo Paquistão.

Segundo analistas, a reaproximação de Islamabad foi uma medida altamente política para Nova Délhi, mas um empurrãozinho de Washington e as opções diplomáticas cada vez menores fizeram com que a Índia se abrisse aos diálogos.

Fonte: Terra