Lineu Araújo fará 5 mil consultas no turno da noite

Lineu Araújo fará 5 mil consultas no turno da noite

No total, o hospital oferecerá, no turno da noite, 15 especialidades

O Hospital Lineu Araújo vai passar, a partir da próxima sexta-feira (29), a atender pacientes no turno da noite. O objetivo do projeto Ambulatório do Trabalhador é facilitar a ida dessas pessoas ao médico, uma vez que elas trabalham durante todo o dia e só lhes sobra tempo no turno da noite.

Com isso, segundo o presidente da Fundação Municipal de Saúde, João Rodrigues, cerca de cinco mil consultas deverão ser realizadas por mês, nesse horário, no hospital.

"Muita gente não vai ao médico em Teresina na frequência que deveria e usa a falta de tempo como desculpa. Para incentivar o cuidado dessas pessoas com a sua saúde, nós estamos implementando o Ambulatório do Trabalhador, um projeto que não irá beneficiar apenas os trabalhadores de Teresina, mas pessoas de todo o Estado", pontuou o secretário.

No total, o hospital oferecerá, no turno da noite, 15 especialidades nas áreas de neuropediatria, cardiologia, ortopedia, gastroenterologia, reumatologia, urologia, ginecologia, endocrinologia, dermatologia, neurologia, proctologia.

O Ambulatório do Trabalhador funcionará de segunda a sexta-feira, das 18h às 22h. O sistema de marcação de consultas será o mesmo do restante da rede de saúde do município.

"O trabalhador pode agendar sua consulta na unidade de saúde mais próxima da sua residência, levando apenas sua identidade e cartão do SUS.

Mesmo que não consiga marcar uma consulta pelo sistema de agendamento, o trabalhador que consultar um especialista dentro da ação tem retorno garantido para um segundo atendimento".

A primeira preocupação em levar à frente o projeto era encontrar os médicos que poderiam atuar nesse horário. Mas isso já foi solucionado e o quadro de profissionais já está satisfatório.

"A nossa preocupação era com os médicos que trabalhariam no local, mas isso acabou não sendo um problema, pois nós encontramos profissionais suficientes. Hoje nós já estamos com 20 médicos credenciados, de diversas especialidades para atender no hospital", comentou.

Fonte: Pollyana Carvalho