Lodgy, minivan derivada do Logan estreia no Salão de Genebra e pode vir ao Brasil

Lodgy, minivan derivada do Logan estreia no Salão de Genebra e pode vir ao Brasil

Modelo estreia no Salão de Genebra, em março, e pode vir ao Brasil

A plataforma de código B0 (zero), lançada em 2004 pela Dacia, na estreia do sedã compacto Logan na Europa, não para de gerar frutos. Esta semana, a fábrica romena, que pertence ao grupo Renault-Nissan, revelou as primeiras imagens da Lodgy, uma discreta minivan com proporções médias (similares às da Nissan Livina) e foco no que se tornou a principal arma de Logan, Sandero, Duster e cia: a boa relação custo/benefício.

Até o momento, a montadora divulgou apenas informações preliminares da minivan, que será apresentada oficialmente no Salão de Genebra, no início de março. A Lodgy tem 4,5 metros de comprimento e terá versões para cinco e sete passageiros ? exatamente como a Livina, que também deriva da plataforma B0. O nome vem da palavra lodge, cuja tradução do inglês remete a um alojamento, uma moradia temporária, uma segunda casa.

A idéia foi ressaltar o espaço interno, que assim como nos outros membros da família Logan, será extremamente generoso. Se promete seguir a mesma receita dos irmãos, é bem provável que a Lodgy chegue ao mercado europeu com preços acessíveis, combinados a motorizações compactas e econômicas ? também herdadas de Logan e Sandero, como o bloco 1.6 litro 16V a gasolina de 105 cv de potência.

Assim como Logan, Sandero e Duster, a Lodgy também tem grandes chances de vir ao Brasil ? caso isso aconteça, a minivan também deve ser produzida na fábrica de São José dos Pinhais (Paraná), junto com os outros modelos. Outra certeza é que, por aqui, o modelo usará o escudo da Renault e deve ser rebatizado. O anúncio pode acontecer na abertura do Salão do Automóvel de São Paulo, marcada para o fim de outubro.

Fonte: Autonews