Perigo na estrada: Lombadas fazem vítimas na PI 130

Perigo na estrada: Lombadas fazem vítimas na PI 130

As lombadas que estão sendo construídas teriam trazido resultados positivo, , se não fosse a má sinalização e obras inacabadas no local.

Antônio Francisco de Araújo estava no auge da idade. Gostava de jogar futebol e sair com os amigos. Mas um acidente de trânsito o vitimou na última sexta-feira, na PI 130, ao passar por uma lombada próximo ao Povoado Cacimba Velha. Segundo amigos e familiares, o acidente poderia ser evitado se não fosse a falta de sinalização da estrutura que ainda está sendo construída.

Este não foi o primeiro acidente e talvez não será o último por causa das lombadas que estão sendo construídas na PI 130, estrada que liga Teresina a Nazária. Quem mora perto da via presencia frequentemente uma série de acidentes e até mortes em virtude dos obstáculos.



As lombadas que estão sendo construídas com o objetivo de diminuir a velocidade dos veículos que passam pela pista e garantir a segurança da população teriam trazido resultados positivos se não fosse a má sinalização e obras inacabadas no local.

No Povoado Cacimba Velha, duas lombadas que começaram a ser construídas há pouco mais de um mês tiveram a estrutura erguida em apenas um dos lados da pista. Se não fosse o bastante, além da demora para a conclusão da obra, restos do material ainda se encontram obstruindo a passagem.

Agora, a sinalização existe, mas até a última semana os próprios moradores precisavam improvisar com galhos para evitar mais acidentes. O risco de fato é grande, sobretudo pela sinalização. Placas avisando as lombadas existem, no entanto, segundo populares ainda é insuficiente para a visibilidade dos condutores.

?Eu já vi três pessoas caindo ali. E assim que colocaram as lombadas não tinha nem sinalização. Agora, mesmo com a sinalização, à noite aqui fica muito escuro e quase não dá para ver. Um dia desses, para não bater de frente com um carro, um caminhão passou por cima e saiu arrebentando tudo. A sorte é que não fez vítimas?, comenta Rosalda Soares, proprietária de um restaurante em frente a PI 130.

Em um trecho mais próximo a Teresina, um outro problema. As chuvas e o fluxo intenso de veículos, principalmente de carga, fizeram ceder parte do asfalto em cima de uma lombada. Apesar da sinalização de que há o obstáculo, a saliência na pista tem provocado vários prejuízos aos condutores. À noite, a dificuldade de avistar o problema é ainda maior, pois quem passa em alta velocidade, por mais que reduza para passar pelo local, não consegue frear a tempo para evitar colidir com chão.

?Tem quase dois meses que está assim. Eu, que tenho que passar diariamente aqui, sei o perigo que é. Imagine quem não passa com frequência?, comenta Raimundo da Costa. Os mais cuidadosos fazem manobras, muitas vezes arriscadas, pela pista contrária, procurando maneiras de não prejudicar o veículo.

Fonte: Nayara Felizardo