Luciano Paes Landim participa de reunião para agilizar Transnordestina

Ele está em Recife (PE), onde participa de uma reunião com diretores do DNIT

O Secret?rio Estadual de Transportes, Luciano Paes Landim, est? em Recife (PE), onde participa de uma reuni?o com diretores do DNIT - Departamento Nacional de Infra-Estrutura em Transportes e membros da presid?ncia da rep?blica, para tratar das obras da Ferrovia Transnordestina. Esta semana j? come?a o servi?o de desapropria??o das terras onde ser? constru?da a ferrovia, que deve ser um marco para o desenvolvimento econ?mico do Piau? e demais estados do Nordeste.

Na ?ltima segunda-feira , dia 6, a Secretaria Estadual de Transportes realizou a licita??o da Faixa de Dom?nio da Ferrovia Transnordestina. O total dos servi?os ? de R$ 999.679,09 (novecentos e noventa e nove mil, seiscentos e setenta e nove reais e nove centavos). A previs?o ? de que as obras da Transnordestina comecem na segunda quinzena de dezembro de 2008 e seja conclu?da em outubro de 2010. A ferrovia deve ter 424 quil?metros de extens?o, partindo de Elizeu Martins em dire??o ? divisa com Pernambuco. O trecho no Piau? custar? R$ 1,4 bilh?o, do total de R$ 4,5 bilh?es da ferrovia.

A implanta??o da Ferrovia Transnordestina, como parte da Malha Ferrovi?ria do Nordeste, al?m de se constitutir como um elemento catalisador do desenvolvimento regional pelo porte dos investimentos e pela sua fun??o de proporcionar redu??o de custos na cadeia produtiva inter-regional, ? estrat?gica para a interliga??o com os sistemas ferrovi?rios centro e norte do pa?s, viabilizando assim, o estabelecimento de um fluxo cont?nuo de cargas e a opera??o dos transportes atrav?s de Corredores Multimodais.

Sem a implanta??o da Ferrovia Transnordestina, a Malha Ferrovi?ria do Nordeste permanecer? isolada, sem condi?es adequadas de integra??o ao Sistema Nacional de Transporte, com dificuldades de se viabilizar, operacional e financeiramente.

Fonte: Assessoria