Lula sanciona lei que torna crime celular em presídios

Penas variam de três meses a um ano de prisão.

 O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou na noite de quinta-feira (6) a lei que considera crime a entrada, sem autorização judicial, de telefone celular ou aparelhos clandestinos de comunicação em presídios.

As penas previstas na nova lei variam de três meses a um ano de prisão. A lei, que entra em vigor nesta sexta-feira (7), a partir da publicação no Diário Oficial da União, criminaliza também a intermediação e a facilitação do ingresso de aparelhos telefônicos ou de comunicação nos presídios.

Fonte: g1, www.g1.com.br