MA: Chance de grande acidente é mínimo , diz Marinha sobre navio

MA: Chance de grande acidente é mínimo , diz Marinha sobre navio

O navio está com 260 mil toneladas de minério e 5.000 litros de óleo combustível.

As autoridades do Maranhão aguardam para esta quinta-feira (8) a entrega do plano de contenção e emergência para o navio Vale Beijing, que apresenta rachaduras e está parado na costa de São Luís. A embarcação apresentou problemas no sábado (3), durante o carregamento de material para exportação da empresa Vale, no terminal de Ponta da Madeira. O navio está com 260 mil toneladas de minério e 5.000 litros de óleo combustível e sua carga será transferida para outro navio para facilitar o conserto da embarcação.

Nesta quarta-feira (7), o navio foi rebocado para a baía de São Marcos, a 7 km de distância da costa e com águas mais profundas. A medida foi tomada para evitar um acidente com a embarcação ?já que havia o risco do fundo do navio bater no chão e se partir ao meio, derramando toda a carga no mar e causando um acidente ambiental sem precedentes no Estado. Atualmente, segundo a Marinha, o risco de um vazamento é ?mínimo.?

Segundo o comandante do grupamento marinho do Corpo de Bombeiros do Maranhão, tenente-coronel João Gonçalves, a transferência do navio minimizou os riscos de um acidente ambiental e vai facilitar o conserto da embarcação. ?Toda a carga que está no navio será transferida para outro, para que a embarcação possa ser removida e consertada. Toda operação será coordenada pela empresa sul-coreana [STX Pan Ocean, construtora do navio], que não repassou ainda quando isso deve ocorrer?, afirmou.

Apesar do risco ter sido reduzido com o reboque do navio, o efetivo e os materiais dos bombeiros estão prontos para o caso de um acidente com o navio. ?Estamos em alerta, com todo o pessoal de plantão a postos e com as embarcações prontas. Aqui em São Luís temos seis botes infláveis, duas lanchas e uma ambulância que também serve para conter incêndio. Em caso de acidente, todos serão acionados.?

Fonte: UOL