Macaco em extinção é encontrado em apartamento por fiscais do Ibama

De acordo com técnicos do Ibama, macacos da espécie Cuxiú-Preto -que está em extinção- tendem a entrar em depressão quando ficam sozinhos

Um macaco Cuxiú-Preto, espécie rara e em extinção, foi apreendido nesta sexta-feira (4) por uma equipe de fiscais do Instituto Brasileiro dos Recursos Naturais Renováeis (Ibama), em um apartamento no Centro de Vitória.

Segundo o Ibama, por viver em cativeiro há mais de dez anos, o primata não poderá passar pelo processo de reintrodução à natureza.

De acordo com técnicos do Ibama, macacos da espécie Cuxiú-Preto -que está em extinção- tendem a entrar em depressão quando ficam sozinhos em cativeiro. O proprietário do animal foi multado em R$ 5 mil.

O macaco não será levado para o Centro de Estudos e Reintrodução de Animais Selvagens (Cereias), em Aracruz (ES), como ocorre com outros animais aprendidos pelo Ibama. Ele deve permanecer ainda 15 dias com o dono, que o mantinha em casa de forma irregular, e depois ser levado para o Centro Nacional de Primatas, no Pará.

No local, o animal vai receber cuidados para ser reintroduzido à Natureza. A adaptação com o Caxiú-Preto é complexa, pois será necessário que ele passe a integrar um grupo de macacos da mesma espécie para que a soltura seja realizada.

Fonte: g1, www.g1.com.br