Machu Picchu, no Peru, não é incluída na Lista do Patrimônio Mundial em Perigo

A decisão foi consoante com a vontade da delegação peruana

Os Estados Partes da 34ª Sessão do Comitê do Patrimônio Mundial decidiram na noite de quinta-feira (29) não incluir Machu Picchu, no Peru, na Lista do Patrimônio Mundial em Perigo. O Comitê recomendou, no entanto, a aplicação de um mecanismo de acompanhamento reforçado e que o Centro do Patrimônio Mundial e as entidades consultivas ajudem a manutenção do sítio. A decisão foi consoante com a vontade da delegação peruana.

Já a Cidade Velha de Jerusalém e seus muros, ameaçados por escavações em sua área envoltória, foram mantidos na Lista do Patrimônio em Perigo. O Comitê lamentou que as pesquisas arqueológicas tenham avançado recentemente e também recomendou acompanhamento reforçado.

Os brasileiros, favoráveis à resolução, lembram que o estado de deteriorização de Machu Picchu se deve aos fortes temporais que recentemente atingiram o local e não tem relação com o esforço das autoridades em conservar o sítio. O Brasil possui 17 bens na Lista do Patrimônio Mundial e nenhum deles está em perigo.

Fonte: Assessoria