Mãe desabafa após saber da morte de neto de Chico Anysio

Corpo de neto de Chico Anysio é encontrado, e mãe desabafa na web

Marcia Brita Brazil, mãe de Rian Brito, publicou mensagem em sua página pessoal no Facebook em que confirma a perda e critica especulações sobre a causa da morte do jovem, que estava desaparecido desde o último dia 23 e teve o corpo encontrado na manhã de quinta-feira (04), na Praia do Valão, em Quissamã, no norte fluminense.

Marcia e Nizo Neto, filho do humorista Chico Anysio, estiveram no IML de Macaé (RJ), para fazer o reconhecimento do corpo, que, segundo o tenente Amaro Garcias, coordenador da Defesa Civil de Quissamã, estava com a pulseira, cordão e a bermuda que o filho usava quando desapareceu. De acordo com a Polícia Civil, o corpo foi identificado por impressão digital.

"Não acredito que diante da dor que estamos vivendo pela perda de nosso querido filho Rian, alguém tenha coragem de INVENTAR que foi suicídio", desabafou Marcia na rede social. "Vocês são monstros. Mais uma vez a imprensa baseada em grana cria uma imagem distorcida da realidade. Nojo de vcs!", escreveu a mãe.

Necropsia aponta que neto de Chico Anysio morreu afogado, diz polícia

O laudo da necropsia realizada no corpo de Rian Brito, neto do humorista Chico Anysio, apontou que a morte do rapaz, que tinha 25 anos, se deu em decorrência de asfixia por afogamento, informou a Polícia Civil na noite de quinta-feira (3).

O corpo, encontrado pela manhã na areia da Praia de Flecheiras, no Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, em Quissamã., no Norte Fluminense, estava em estado avançado de decomposição. Segundo a polícia, a identificação só foi possível por meio de papiloscopia - exame que analisa as impressões digitais.

Uma força-tarefa havia sido montada para localizar Rian, que desapareceu no dia 23 de janeiro. Na segunda-feira (29), roupas e documentos do jovem foram achados na Praia do Paulista, também na restinga.

O corpo de Rian foi encontrado na areia da praia depois que um motoqueiro avisou as equipes de busca. Um helicóptero da Petrobras deu suporte à equipe do Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), que administra a área ambiental, e que contou ainda com quatro picapes, quatro quadriciclos, dois bugres e três barcos.

A perícia foi realizada no Instituto Médico-Legal de Macaé, na Região dos Lagos. De lá, o corpo de Rian seria levado para a capital, onde será cremado nesta sexta-feira (4), às 16h, no Memorial do Carmo, no Caju, Zona Portuária.


Image title

Image title

Image title

Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1