Mãe é morta com tiro de espingarda ao tentar separar briga entre irmãos

Discussão iniciou após um irmão, usuário de drogas, furtar a casa do outro

Uma mulher de 57 anos morreu após tentar separar a briga entre os dois filhos dela, em Criciúma, no Sul de Santa Catarina. O caso aconteceu por volta da 1h30 desta segunda-feira (4), no bairro Linha Batista. A Polícia Militar afirma que a discussão começou depois que o irmão mais velho, de 27 anos, foi tirar satisfação de um furto praticado pelo irmão mais novo, de 21 anos, que é usuário de drogas.

O homem mais jovem teria furtado a casa do irmão mais velho que, após saber do caso, foi até a residência onde moravam o irmão e a mãe, para tirar satisfação com o autor do furto. Eles começaram a discutir e a mulher tentou separar a briga dos filhos.

Segundo a PM, o homem de 27 anos pegou uma espingarda e apontou contra o jovem de 21 anos. A mãe se jogou no meio dos dois e foi atingida pelo disparo da arma de fogo. Ela chegou a ser levada para o Hospital São José, por vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Os dois homens fugiram, conforme a Polícia Militar. A arma do crime também não foi encontrada. O caso foi repassado para a Polícia Civil que deve abrir inquérito para investigar as circunstâncias que levaram ao homicídio.

Fonte: G1