Mãe é detida por manter filhas acorrentadas e diz não ter controle

Segundo a mulher, a decisão foi tomada porque ela não tinha controle sobre as garotas de 12 e 15 anos.


Mãe é detida por manter filhas acorrentadas

Uma mulher é acusada de manter as duas filhas, de 12 e 15 anos acorrentadas dentro de casa, no bairro Cidade Nova, em Itu, região de Sorocaba. Elas foram encontradas pela Guarda Civil Municipal através de uma denúncia anônima, nesta segunda-feira (15).

De acordo com a GCM, chegando no local, a corporação encontrou o tio das vítimas em frente à residência e, dentro do imóvel estavam as garotas com os tornozelos acorrentados e com cadeado.

Localizada, a mãe das adolescentes informou que resolveu mantê-las acorrentadas porque não tinha controle sobre elas. A mulher ainda disse que por diversas vezes deu queixa à polícia por desaparecimento das vítimas e que elas haviam deixado de frequentar a escola.

Ainda segundo a GCM, as garotas frequentavam uma avenida na cidade que é local de prostituição e uso de drogas.

As menores foram encaminhadas ao Pronto Socorro do hospital São Camilo, onde foram constatadas escoriações leves, por conta da corrente. Já na delegacia foi elaborado um boletim de ocorrência de maus tratos.

As meninas foram entregues à mãe novamente e a família será acompanhada pelo Conselho Tutelar. Um inquérito foi instaurado para apurar as causas.

Fonte: Rede Bom Dia