Chuvas: Mãe perde filho que tentou ajudar vizinhos em Petrópolis

Ele foi uma das pessoas que tentou ajudar os vizinhos que tiveram as casas destruídas por um deslizamento.

Moradora da comunidade Vila São Joaquim, em Petrópolis (RJ), há cerca de 20 anos, a aposentada Ilceli Alves Freitas, 65, perdeu o filho, o camelô Paulo Roberto Alves Freitas, 42, na enxurrada de domingo (17). Ele foi uma das pessoas que tentou ajudar os vizinhos que tiveram as casas destruídas por um deslizamento de lama e acabou soterrado. Paulo deixou a mulher, Francisca, e quatro filhos.

"Eram cerca de 22h de domingo quando meu filho foi à minha casa, que fica na parte baixa da encosta, e me chamou para dormir na casa dele, um pouco acima. Chovia muito e ele disse que estava com medo de uma barreira cair", contou a aposentada. "Então, subi para a casa dele e, quando deitei, ouvi aquele barulho. Até comentei com a Francisca: `Será que é guerra?" Já era a barreira caindo sobre as casas. Foi quando o Paulo pegou a enxada e disse que tinha de ajudar os vizinhos. Ele saiu e não voltou até agora. De lá, partiu".

As casas de Ilceli e Paulo não foram atingidas, mas os imóveis foram interditados pela Defesa Civil. Além da dor da perda, a família agora precisa encontrar um novo lugar para morar. "Até agora, só consegui retirar umas roupas e meus documentos. Tive de deixar meus móveis e até uma geladeira novinha - acabei de pagar a última prestação. Passei as duas últimas noites numa escola e hoje vou dormir na igreja. Mas o pastor disse que não vamos poder ficar lá por muito tempo", disse a aposentada, que terá de abandonar Mel, a cachorrinha de estimação de seu filho.

Fonte: UOL