Mãe que doou bebê vai recorrer ao MP para impedir a exposição da criança

Advogada de Renata exige que órgão siga Estatuto da Criança e do Adolescente.

A mãe que doou o próprio filho e ainda forjou o sequestro da criança irá recorrer ao MPMG (Ministério Público de Minas Gerais) na tentativa de impedir que o bebê, de apenas dois meses, seja exibido em qualquer meio de comunicação.

De acordo com a advogada de Renata Soares, de 19 anos, Claudinéia de Souza, um pedido de intervenção em relação à divulgação da imagem da criança será registrado no órgão o mais rápido possível.

? O que queremos é que o MP simplesmente siga o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente). Em caso envolvendo menores, como esse, o órgão tem que interceder e não sei o porque isso ainda não foi feito.

Segundo Claudinéia, após sair da cadeia por benefício de habeas corpus, Renata está hospedada na casa de amigos dela, em Belo Horizonte.

? Ela está muito abalada emocionalmente com a ausência do filho e, por isso, está sendo atendida pela equipe multidisciplinar do Tribunal de Justiça.

Ainda conforme a advogada, Renata irá pedir a guarda do filho, que está com o pai, Johney Lima Santos Nulhia, de 24 anos. A participação do jovem no falso sequestro e doação foi descartada pela polícia.

? Já entrei com cautelar em relação ao pedido de guarda compartilhada e devo ter resposta nos próximos dias.

Fonte: R7, www.r7.com