Mais de 100 são qualificadas no Profissionalizar Mulher

O objetivo é levar formação profissional às mulheres.

Mais de 100 mulheres foram certificadas ontem (05) pela Fundação Wall Ferraz através do Profissionalizar Mulher, projeto executado em parceria com a Secretaria Nacional de Políticas Públicas para Mulheres e outros órgãos da Prefeitura de Teresina, como a Coordenadoria Municipal de Política para Mulheres. A solenidade aconteceu no auditório do Palácio da Música.

Na última etapa do projeto, realizada este ano, as alunas realizaram cursos de Pedreira, Cabeleireira, Panificação, Manicure/Pedicure e Garçonete que foram ofertados nos Centros de Capacitação do Parque Alvorada, Satélite, Vermelha, Itaperu, CRAS Sul e Leste e Piçarreira.

Durante a solenidade a Presidente da Fundação Wall Ferraz, Aparecida Caland, destacou a importância desse projeto para as mais de 1000 mulheres que tiveram a oportunidade de se qualificar. “O objetivo principal do projeto era proporcionar para as mulheres teresinenses autonomia financeira através da qualificação profissional. Quando sabemos que nossas alunas conseguiram uma oportunidade de emprego em uma empresa ou conseguiu montar o seu próprio negócio, vemos que nosso objetivo foi alcançado. Mesmo com dificuldades, muitas alunas conseguiram terminar os cursos e hoje estão em situação de igualdade com os homens no mercado de trabalho”, declarou.

O projeto Profissionalizar Mulher iniciou no ano de 2013 e teve como objetivo levar formação profissional às mulheres de diferentes comunidades, de modo que depois de qualificadas as trabalhadoras tenham novas perspectivas de inserção no mercado, seja através da iniciativa individual ou de trabalho formal. Ao longo do projeto foram ofertados cursos nas áreas Gestão, Informática, Serviços, Construção Civil, Serviços Pessoais e Alimentação.

Image title


Fonte: Prefeitura de Teresina