Lei do Silêncio: Mais de 35 apreensões já foram realizadas em 2013

Lei do Silêncio: Mais de 35 apreensões já foram realizadas em 2013

Em Teresina o maior número de apreensões está relacionado a veículos de som

O barulho e a perturbação ainda são grandes entraves para muitos moradores teresinenses. Isso porque, apesar da Lei do Silêncio, algumas pessoas ainda insistem em passar por cima das regras e atrapalhar o sossego de muitas famílias.

Em Teresina o maior número de apreensões está relacionado a veículos de som, logo atrás vêm os superparedões.

De acordo com os dados da delegacia, do começo deste ano até o momento foram feitas mais de 35 apreensões, que vão desde paredões a caixas amplificadas. Foram contabilizados 26 apreensões de veículos e 7 de superparedões acoplados a veículos.

No centro, um idoso passa a noite acordado em sua casa, porque não consegue conviver com o barulho produzido pelo vizinho.

Conforme Evaldo Farias, delegado do Silêncio, a população ainda não se conscientizou que precisa cumprir a lei com o rigor que é exigido. "Todas as exigências devem ser seguidas.

Na zona urbana, sons altos só podem ser veiculados dentro de ambientes fechados com acústica, que não ultrapasse os limites daquele local", explica o delegado.

Dentro de casa, recomendações também devem ser seguidas. O morador pode dizer que o som e casa é sua, mas a altura de qualquer som veiculado, não pode ultrapassar, 45 decibéis. Para denunciar, ligue para 8823 6768 ou se deslocar até a delegacia, localizada na Rua 24 de Janeiro, no 3º andar.

Fonte: Thauana Cavalcante