Mais de 400 crianças com câncer foram internadas em Teresina

Segundo o levantamento, 216 eram meninos e 231 meninas.

Essa data jamais será esquecida por Milena Andrade Bernardo. Isso porque marcou o início de uma batalha pessoal: o tratamento contra o câncer de sua filha Mariana, de sete anos de idade. A pequena foi diagnosticada em Teresina com LLA (Leucemia Linfoide Aguda). Durante o tratamento, Milena confessa ter se surpreendido positivamente com o atendimento ofertado pelo SUS na capital.  

“As pessoas acham que o atendimento no SUS é demorado, bagunçado, têm filas, você se cansa, mas pelo contrário, eu tive outra concepção. Minha filha recebeu todo o tratamento necessário, desde as internações às quimioterapias. Fiquei maravilhada, não sabia que seria assim, rápido, graças a Deus está dando certo. Não temos o que reclamar”, afirmou Milena.

De acordo com levantamento recente feito pela Secretaria Municipal de Saúde de Teresina (SMS), de janeiro a agosto de 2016 cerca de 447 crianças diagnosticadas com câncer foram internadas na rede do SUS de Teresina. Do total, 216 eram meninos e 231 meninas.  

A médica onco-hematologista pediátrica do Hospital São Marcos, Gildene Alves, fala sobre os tipos de cânceres  mais frequentes em crianças. Em primeiro lugar estão as leucemias (que afetam os glóbulos brancos); em segundo lugar estão os tumores do sistema nervoso central; em terceiro lugar os linfomas (câncer do sistema linfático) e em quarto os tumores abdominais.

Gildene explica que é uma queixa dos pediatras o fato de que os pais só levam as crianças aos serviços de urgência quando estas já estão doentes. A médica ressalta a importância de um acompanhamento de rotina das crianças pelo pediatra, que facilita a prevenção e diagnóstico precoce por parte do médico que já a acompanha. Ela explica, por exemplo, que os sintomas da leucemia se assemelham aos de outras doenças comuns na infância. 

 A médica ressalta ainda que uma alimentação saudável é importante na prevenção de doenças. “As crianças comem muito enlatados, sucos de caixinha, petiscos, nissin miojo com aquele tempero forte, muito refrigerante e alimentos industrializados. O ideal é que tenham uma alimentação mais natural possível. A alimentação inadequada é vilã para o aparecimento de doenças em geral”, conclui.  

 Conheça alguns sintomas do câncer infantil:

-Palidez

-Sangramento

-Febre inexplicada

-Manchas roxas na pele

-Aumento do volume da barriga

-Adenomegalias cervicais (linfonodos aumentados) 

Fonte: Assessoria