Mais de 500 mil pessoas devem passar pela Feira dos Municípios 2009

A Feira dos Municípios 2009 acontecerá no período de 12 a 16 de agosto, ao lado do Teresina Shopping

Falta pouco mais de uma semana para que seja iniciada a Feira dos Municípios 2009 e o evento já está sendo considerado um sucesso pelos organizadores. Ao todo, as prefeituras de cidades de norte a sul do Piauí já reservaram mais de 150 estandes, prometendo fazer desse um dos maiores eventos já realizados no Estado.

De acordo com a gerente de expansão do Grupo Meio Norte, Leninha Aragão, a procura também tem sido intensa por diversas empresas que querem associar seu nome à Feira, já que essa vai contar com um grande número de pessoas vindas de várias partes do Piauí. “Teremos uma grande estrutura que vai ser disponibilizada a todas as entidades que participarem da feira”, diz Leninha.

Ela lembrou da grande variedade de informações e oportunidades que todos poderão obter na Feira. Algumas prefeituras, inclusive, já começaram a produzir documentários para mostrar a potencialidade turística de seus municípios aos visitantes.

“Ainda nessa área, também teremos muitos turismólogos trabalhando para repassar essa informações, pois são várias as prefeituras que já se prontificaram a trabalhar com eles”, disse ela. A novidade deste ano é o camarote In Foco Vip. “Só começamos a vender os ingressos para o camarote ontem, mas mesmo antes das vendas começarem já tínhamos uma grande procura dos prefeitos que sempre acompanharam a coluna”, adiantou ela.

O evento é uma parceria da APPM com o Grupo Meio Norte de Comunicação e deve reunir mais de 500 mil pessoas durante os cinco dias, segundo estimativa dos organizadores da Feira que, a cada ano, vem crescendo e atraindo a participação de mais prefeituras e visitantes. A Feira dos Municípios 2009 vai acontecer de 12 a 16 de agosto, ao lado do Teresina Shopping. A venda para o camarote In Foco Vip está acontecendo no Riverside. Entre as atrações confirmadas para a Feira, estão a banda Chicabana e Sirano e Sirino.

Fonte: JMN, www.jornalmn.com.br