Mário Sérgio Cortella ministra hoje a palestra 'A arte de liderar'

A liderança como inspiração exige a compreensão

“O líder é aquele que tem algo especial, uma insatisfação positiva. Quando você quer mais e melhor, essa insatisfação positiva é o que movimenta a vida, as pessoas, uma nação, uma categoria profissional, porque se você ficar satisfeito por completo, no modo que as coisas são, você entorpece, adorme, cochila, distrai”, a afirmação é de Mário Sérgio Cortella, que ministra hoje, no Theresina Hall, às 19h, a palestra “A arte de liderar”.

Liderança não é um atributo atávico, vindo conosco do nascimento; é uma atitude a ser desenvolvida a partir das atividades com as quais nos envolvemos. Liderança é, sobretudo, a capacidade de inspirar. Inspirar pessoas, ideias, projetos. A líder ou o líder são hábeis para infundir vitalidade e, com isso, animar empreitas coletivas.

Liderar é inspirar, e, não, expirar! Expirar é tirar o fôlego, desanimar, desvitalizar; muitos e muitas em níveis de gestão fora ou dentro da sala de aula, conseguem somente expirar as pessoas à sua volta, a tal ponto que o contato (forçado?) com esse expirador é sempre precedido de uma dissimulado suspiro de desencanto.

A liderança como inspiração exige a compreensão e a prática de cinco competências: libertar a mente, elevar a equipe, recrear o espírito, inovar a obra e empreender o futuro. Do contrário, o melhor se afasta e resta apenas o desalento presente no possível. Garanta já sua entrada para a palestra na Kalor Produções, Audi Center Teresina e Livraria Anchieta.

Image title

Fonte: Com informações da Kalor Produções