Massa bate forte no fim, e Ricciardo derruba "Império de Prata" no Canadá

Massa bate forte no fim, e Ricciardo derruba "Império de Prata" no Canadá

Apesar do impacto, ambos os pilotos estão bem. Vettel, que por muito pouco não foi abalroado na batida, conseguiu assegurar a terceira colocação.

O que parecia imposs?vel aconteceu. O ?Imp?rio de Prata? constru?do pela Mercedes em 2014, finalmente, foi desbancado. Os problemas que tiraram Lewis Hamilton da prova e provocaram a queda de rendimento de Nico Rosberg durante v?rias voltas incendiaram a o GP do Canad?, v?lido pela s?tima etapa da temporada, e deixaram a briga pelo p?dio e pela vit?ria totalmente aberta no Circuito Gilles Villeneuve, em Montreal. Em voltas finais eletrizantes, Rosberg segurava um pelot?o composto por Daniel Ricciardo (RBR), Sebastian Vettel (RBR), Sergio P?rez (Force India) e Felipe Massa (Williams). E foi o australiano da RBR, grande revela??o da temporada, o respons?vel pela fa?anha de desbancar as ?Flechas de Prata? e conquistar o inesperado triunfo. Na ?ltima volta, o brasileiro ? que ainda sonhava com um lugar no p?dio ? tentou dar o bote em cima do mexicano da Force India, mas os dois acabaram se chocando e acertando com for?a as prote?es de pneus. Apesar do impacto, ambos os pilotos est?o bem. Vettel, que por muito pouco n?o foi abalroado na batida, conseguiu assegurar a terceira coloca??o.?

?

A corrida

Em uma largada de tirar o f?lego, Hamilton partiu melhor, chegou a ficar ? frente de Rosberg, mas o alem?o deu um ?chega pr? l?? no brit?nico e retomou a ponta. Tendo que espalhar um pouco, o campe?o mundial acabou perdendo o segundo lugar para Vettel. Massa, que largou em quinto logo atr?s de Bottas, fez uma s?rie de curvas lado a lado com o companheiro, e por pouco n?o o superou. L? atr?s, Chilton perdeu a traseira de sua Marussia na chicane da curva 3 e acertou seu parceiro de time, Bianchi, que se espatifou no muro. Com isso, Chilton abandonou pela primeira vez uma corrida de F-1, interrompendo uma s?rie de 25 provas completadas.

Por causa da batida, o Sefaty Car (carro de seguran?a) precisou ser acionado para os fiscais limparem a pista. Na relargada, na volta 8, Hamilton n?o conseguiu manter contato com Vettel, que por sua vez, tamb?m n?o foi capaz de colar em Rosberg. J? Massa ficou embutido na traseira de Bottas. Na sequ?ncia, Ricciardo, Vergne, Alonso, Raikkonen e P?rez ? que acabara de deixar Button para tr?s - completavam os dez primeiros.

Duas voltas depois da relargada, Hamilton acionou a asa m?vel e passou Vettel ?de passagem? antes da ?ltima chicane do circuito. Ricciardo, o sexto, se aproximou de Massa e come?ou a amea?ar o brasileiro.?

O australiano preferiu ent?o ir logo para os boxes na volta 13, abrindo a primeira rodada de pit stops. O brasileiro fez sua parada dois giros depois, mas os mec?nicos tiveram dificuldades para retirar o pneu dianteiro esquerdo por causa de um problema na pistola e perdeu cerca de cinco segundos. O atraso nos boxes custou caro: Massa voltou em 12?, perdendo posi?es para Ricciardo, Alonso e Vergne ? que j? haviam feito um pit stop ? al?m de outros que ainda n?o tinham visitado os boxes.

Os l?deres Rosberg fez seu pit na volta 17. Com pneus frios, perdeu o controle de sua Mercedes na chicane e teve que segurar ?no bra?o? para n?o acabar no muro. Hamilton fez sua parada uma passagem depois e retornou 2,5 segundos atr?s do companheiro.

Enquanto isso, a dupla da Force India, com uma estrat?gia de apenas uma parada, seguiu na pista. Com isso, Sergio P?rez aparecia em terceiro, acompanhado por Nico Hulkenberg, o quarto. Vettel at? tentou passar o compatriota do time indiano no hair pin, mas freou muito tarde e levou o ?X?.

Em um ritmo alucinante, Hamilton rapidamente reduziu a diferen?a para Rosberg. Pressionado pelo parceiro de Mercedes, Nico errou a freada na chicane final, fritou o pneu e atravessou a ?rea de escape. Apesar de ter desgastado um dos compostos, o alem?o acabou ganhando vantagem ao cortar a pista. A dire??o de prova abriu investiga??o, mas decidiu n?o aplicar apenas uma advert?ncia.

Mais atr?s, Massa deu o bote para cima de seu ex-companheiro de Ferrari, Alonso, e assumiu a oitava coloca??o.?

Na volta 35, exatamente metade da prova, P?rez, enfim, fez sua primeira parada nos boxes, retornando em oitavo. Bottas, Ricciardo e Vettel foram para seus segundos pit stop e com isso, Massa pulou para quarto.

L? na frente, Hamilton e Rosberg reclamaram pelo r?dio de uma repentina perda de pot?ncia do motor. A dupla dos melhores carros da temporada come?aram a virar na casa de 1m22, virando os carros mais lentos da pista.

A 29 voltas do fim, Hulk, finalmente parou nos boxes, e caiu para oitavo. Com isso, Massa para terceiro.?

A Mercedes informou que os problemas dos carros n?o podiam ser resolvidos e que os pilotos deveriam seguir at? o fim. Ciente dos problemas com as ?Flechas de Prata?, a Williams avisou para Massa tentar seguir na pista at? o fim.

?

Rosberg foi para os boxes e na volta seguinte foi a vez de Hamilton. Com isso, Massa assumiu a lideran?a da prova, logo ? frente do brit?nico. Pela primeira vez na temporada um piloto de um carro que n?o era Mercedes completava uma volta na primeira posi??o.

A situa??o n?o podia ser pior para a Mercedes. Com problemas no freio, Hamilton perdeu a posi??o para Nico e, logo depois, passou reto na chicane, recolheu para os boxes e abandonou.

Massa come?ou a abrir de Rosberg, que vinha muito lento. Mas como os pneus supermacios n?o resistiriam at? a bandeirada, o brasileiro precisou entrar nos boxes para a segunda parada e voltou em s?timo.?

Mesmo com dificuldades, o alem?o da Mercedes mantinha a ponta. Em segundo, P?rez come?ou a se aproximar, trazendo com ele Ricciardo e Vettel. Mais atr?s vinham Hulkenberg, Bottas, Massa e Alonso.

A Mercedes informou para Rosberg que as temperaturas dos freios voltaram a ficar OK e que o alem?o poderia ?pisar fundo novamente. Nico voltou a virar na casa de 1m19 e, mas do que conter a aproxima??o de P?rez, passou a abrir do mexicano.

Um pouco mais atr?s, a corrida pegava fogo. Bottas foi tentar passar Hulk no hairpin, passou reto e quem se deu bem foi Massa, que ganhou a posi??o do parceiro de time. Na reta seguinte, o brasileiro deu o bote na Force India e ganhou a quinta posi??o. Com pista livre e pneus em melhores condi?es, Felipe foi capaz de for?ar o ritmo e anotou a melhor volta da prova: 1m18s504.

Mais r?pido na pista, Massa tirou rapidamente a imensa vantagem que o separava do pelot?o da frente e colou em Vettel. Quando o tetracampe?o quase tocou Ricciardo no hairpin, O brasileiro tentou a ultrapassagem, mas n?o conseguiu.

Ricciardo, ent?o, deu o bote para cima do P?rez e assumiu a segunda coloca??o. O australiano, inspirado, partiu para cima de Rosberg e conseguiu a ultrapassagem para assumir a ponta.?

Na abertura da ?ltima volta, Massa tentou a manobra para cima de P?rez e os dois acabaram se chocando e acertando com for?a os guard rails. Em terceiro, Vettel, por pouco, n?o foi atingido e assegurou o p?dio. L? na frente, Ricciardo cruzava para um inesperado triunfo, seguido por Rosberg.

Fonte: globoesportte
Tópico