Maternidade inicia processo para melhorar atendimento e segurança

A equipe do Hospital Alemão Osvaldo Cruz, já atua em 14 hospitais

Oferecer o melhor atendimento às pacientes e com a melhor qualidade possível são metas da Maternidade Dona Evangelina Rosa que serão aperfeiçoadas com o início de um novo processo - que teve início nesta quinta-feira (17) – junto à equipe do Hospital Alemão Osvaldo Cruz. Trata-se de uma nova etapa, dentro do Projeto de Reestruturação dos Hospitais Públicos, que é uma parceria do hospital alemão e o Ministério da Saúde, via Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (Proadi - SUS).

O Projeto de Reestruturação dos Hospitais Públicos trabalha especificamente as questões de qualidade e segurança dentro das instituições e melhoria de processos. E hoje foi apresentada primeira ferramenta a ser utilizada, que serve para avaliar a situação atual da Instituição, conforme explicou a Supervisora de Projetos do HAOC, Isis Distrutti. “Partindo desse diagnóstico situacional, os planos serão elaborados. Esses planos vão ser desenvolvidos a curto, médio e longo prazo”, explicou.

A equipe, que já atua em 14 hospitais no norte e nordeste, trabalhará na Maternidade durante quase dois anos, já que a previsão de encerramento do Projeto é dezembro de 2017. Composta por gerentes, supervisores e coordenador de projetos, além de uma equipe de referência com médico, enfermeiro, farmacêutico e o técnico de segurança do trabalho, os profissionais do Hospital Alemão Osvaldo Cruz virão à Maternidade mensalmente. Eles trabalharão todos os processos que serão vivenciados como pontos que precisam ser melhorados dentro do diagnóstico realizado inicialmente.

Ao falar de expectativa, Isis ressaltou que espera que os processos assistenciais, que são ligados diretamente ao paciente, se tornem mais seguros.“Sabemos que o Programa Nacional De Segurança dá diretrizes (Higienização das mãos e identificação correta do paciente, utilizando por exemplo pulseiras.) e acabamos fortalecendo o Programa Nacional de Segurança do Paciente”, pontuou.

Já o diretor geral da Maternidade, José Brito disse que a equipe do Osvaldo Cruz será responsável por uma reorganização de gestão. “Eles vão atuar em vários setores para que a Evangelina passe a estar nos padrões exigidos pelo Sistema Nacional de Assistência aos Pacientes, principalmente do que diz respeito à segurança do paciente”. “Hoje é um dia muito importante para nós da Evangelina”, comemorou.

Fonte: Com informações do Portal do Governo