Matopiba se destaca no Brasil por possuir uma vocação agrícola

O Matopiba é formado pelo Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia

Mais nova fronteira agrícola do país, o Matopiba se consolida como uma região estratégica para atender aos mercados interno e externo, com a proximidade de importantes portos do Norte, como os de Belém, Itaqui, Pecém e Suape. A região, que abrange 337 municípios com 324 mil estabelecimentos agrícolas, é formada por partes dos estados do Maranhão (33%), Tocantins (38%), Piauí (11%) e da Bahia (18%). O território foi responsável por 9,4% da produção das 209,5 milhões de toneladas de grãos na safra 2014/2015.

Matopiba produziu na última temporada 19,7 milhões de toneladas de algodão em pluma, soja, arroz e milho, em uma área de 5,7 milhões de hectares. Estudos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontam que há um potencial de crescimento futuro da área plantada de cerca de 10 milhões de hectares. A região tem chamado a atenção pela produção e produtividade cada vez mais crescentes.

Segundo os técnicos da Conab, o Matopiba produziu 8,7 milhões de toneladas de soja na safra 2013/2014. Na temporada 2014/2015, a produção da oleaginosa teve aumento de 21,7% e chegou 10,5, milhões de toneladas. A safra do grão no território já representa 11% da produção brasileira. A Bahia se destaca com 2.940 kg/ha em produtividade e com 4,2 milhões de toneladas colhidas.


Image title


Fonte: JMN