Médica faz um parto pelo telefone

A criança foi levada para o Hospital Universitário, onde permanece internado

Uma atendente do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ajudou, por telefone, a fazer o parto de um bebê, por volta das 6h desta segunda-feira (15), em Campo Grande. A mãe, Sirlene dos Santos, 30 anos, estava na calçada quando começou a entrar em trabalho de parto e foi amparada por vizinhos.

A criança foi levada para o Hospital Universitário, onde permanece internado. O menino respira com ajuda de aparelhos, mas passa bem.

Uma técnica em enfermagem, ainda não identificada, ajudou Sirlene a se acomodar no chão. Pelo telefone, ela recebia as instruções da atendente do SAMU, a médica plantonista Milena Goes. Durante o atendimento, ela enviou duas ambulâncias ao local.

Por telefone, Milena passou a descrever os procedimentos para a realização do parto, mesmo sem ver o que acontecia. A ténica em enfermagem conseguiu tirar a criança seguindo todas as orientações que lhe foram passadas pela médica.

O bebê nasceu com o cordão umbilical enrolado ao pescoço e teve dificuldades para respirar após o nascimento. Novamente, Milena ensinou os procedimentos necessários para salvar o bebê e ainda ajudou a fazer o bebê a chorar.

Veja abaixo alguns trechos da ligação:

Técnica em enfermagem - A paciente está deitada no chão.

Médica do Samu - Está com as pernas dobradas?

Técnica em enfermagem - Está com as pernas abertas.

Médica do Samu - Você tem noção do tamanho da barriga?

Técnica em enfermagem - Tá nascendo!!!

Médica do Samu - Segura então. Alô?

Técnica em enfermagem - Tá saindo a cabecinha!

Médica do Samu - E como que é? É pequenininho ou é grande?

Técnica em enfermagem - É grande, grande, enorme.

Médica do Samu - Pede para alguém secar a boquinha dele por dentro. Passa um paninho dentro da boquinha dele. Põe ele na barriga da mãe, que é o lugar mais aquecido.

Técnica em enfermagem - O cordão enrolou no pescoço.

Médica do Samu - Tira então. Desenrola do pescoço dele. É só desenrolar normal.

Técnica em enfermagem - Desenrolei. Ele não chorou ainda.

Médica do Samu - Tá, ele não chorou ainda? Passa o lençol nas costinhas dele como se estivesse fazendo um carinho só que mais forte. Como se estivesse limpando mesmo. Passa o lençol nas costinhas dele. Ele com a boquinha para baixo. Chorou?

Técnica em enfermagem - Já.

Médica do Samu - Então agora enrola ele bem no lençol, porque está muito frio, no peito da mãe e pede para esquentar ele, abraçar ele.

Técnica em enfermagem - Ele tá bem rouxinho.

Médica do Samu - Chorou bem? Já ta chorando bem ou só deu um chorinho. Só avisando que a viatura já está a caminho.

Fonte: g1, www.g1.com.br