Médico que teria matado Jackson diz que cantor urinava na cama

Em documentário, médico diz que o cantor urinava na cama.

O controvertido documentário sobre a relação de Michael Jackson com o Dr. Conrad Murray, considerado culpado pela morte do pop star, Michael Jackson and the Doctor: A Fatal Friendship, foi ao ar nesta quinta-feira (10), no Reino Unido. Em um dos trechos, o médico afirma que Jackson fazia xixi na cama.



Murray diz que Michael tinha um quarto exclusivamente para ele e que tinha que ser persuadido a deixar os empregados limparem o local.

"Eu tinha que convencê-lo a deixar que o limpassem. Porque ele fazia xixi na cama. A cama não cheirava bem. Estava mofada e precisava ser limpa. Dá para imaginar que um homem da idade dele ainda molhava a cama?"

O médico explicou que não era a medicação que provocava incontinência urinária em Michael. O problema, segundo ele, era psicológico.



Fonte: O Fuxico