Médicos explicam inflamação nos pulmões que fez o cantor Thiaguinho ser internado

Entenda a doença que afastou o pagodeiro dos palcos e assustou os fãs pelo Brasil

Após três dias internado, o cantor Thiaguinho teve alta neste domingo (21)do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. O diagnóstico dos médicos aponta que o artista tinha uma inflamação na pleura, uma membrana que reveste os pulmões.

Rodriguinho, amigo do cantor, afirma que o pagodeiro sofreu por vários dias com fortes dores abdominais, sem saber qual era o motivo do desconforto.

? Ele já estava reclamando um pouquinho de dores há uns tempos. [Ele reclamava de] uma dor abdominal.

Thiaguinho sentia fortes dores há pelo menos dez dias. O pneumologista Roberto Stirbulov explica como a doença se desenvolve.

? Em volta ao pulmão existe um tecido tênue e muito fino chamado de pleura, que envolve o pulmão. E tem uma pleura que envolve o pulmão e uma que envolve o tórax por dentro. Qual a função dessas duas pleuras? É fazer, quando o pulmão expande na expiração, que ocorra a diminuição do atrito, o pulmão consegue expandir por dentro da caixa torácica sem atrito.

O problema no pulmão de Thiaguinho foi justamente excesso de líquido. Por isso, o cantor revê que fazer exames para a retirada da substância que se acumulava na região. O procedimento é chamado de pleuroscopia. Stirbulov explica que o procedimento tem duas funções:

? Essa pleuroscopia serve primeiro para o médico olhar essa cavidade, olhar o pulmão, ver o que está acontecendo lá. Se tiver muito líquido, se o líquido tem pus, que torna o líquido mais espesso, ele consegue olhar. Segundo, ele pode colher material da própria pleura, pode colher material do próprio pulmão para mandar fazer exame. Para fazer o diagnóstico.

O médico ainda explica que a recuperação do cantor deve ser lenta e que é comum a internação de alguns dias nesses casos. Em um comunicado, a assessoria de Thiaguinho informa que os compromissos profissionais foram suspensos durante o período de recuperação do cantor.

Fonte: r7